NeurociênciaÁlvaro Marchesi é Catedrático de Psicologia Evolutiva e Educação na Universidad Complutense de Madrid. Foi Diretor Geral e Secretário de Estado da Educação do Ministério de Educação de 1986 a 1996, bem como Secretário Geral da Organização dos Estados Ibero-americanos de Educação, Ciência e Cultura (OEI) de 2007 a 2014. Ele escreveu inúmeros livros, a maioria deles traduzidos para o português no Brasil.

 

 


Procurar e encontrar as melhores páginas internacionais que informem e orientem sobre a neurociência educacional não é tarefa fácil. Em primeiro lugar, porque a neurociência educacional pressupõe constatar que as atividades educacionais que melhoram a aprendizagem desenvolvem também os sistemas ou circuitos neurobiológicos responsáveis por estes progressos, o que em muitas ocasiões não é fácil de comprovar. Em segundo lugar, porque dada a complexidade do tema, as páginas neste campo são escassas.

No EDUforics, decidimos abordar tanto as conclusões principais como as dúvidas e as insuficiências que existem nas relações entre a neurociência e a educação. Percebemos que existe interesse entre os docentes e, como é de se esperar, mais perguntas do que respostas.

1.Escuela con cerebro

O site Escuela con cerebro é um blog sobre neurociência aplicada à educação. Inclui uma ampla relação de artigos e informações sobre a influência de determinadas atividades (música, teatro, aprendizagem cooperativa…) no desenvolvimento e na aprendizagem. Além disso, orienta sobre as principais pesquisas no campo da neurociência cognitiva e educacional.

 

2. Center of the Developing Child

Center of the Developing Child , da Harvard University, oferece uma informação rigorosa sobre os avanços da neurociência para compreender o desenvolvimento e a aprendizagem e fundamentar a ação educacional. É direcionada uma atenção especial à infância, à arquitetura do cérebro, às funções executivas e à saúde mental. Também são incluídos resumos e breves vídeos sobre estes temas, alguns dos quais estão em espanhol.

 

3. Asociación Educar

Asociación Educar desenvolve um portal dedicado à neurociência aplicada ao desenvolvimento humano. Nele, podemos encontrar artigos, informações e atividades interessantes para ampliar o conhecimento sobre os avanços da neurociência e a sua incorporação à prática educacional.

 

4. Encyclopedia on Early Childhood Development

A Encyclopedia on Early Childhood Development aborda temas que dizem respeito à infância. O seu esquema organizacional são quatro ou cinco artigos breves, com um final que discute e sintetiza os anteriores. Os mais vinculados à neurociência são os relativos ao cérebro e à função executiva. Entre outros temas interessantes estão: jogos, nutrição, transtornos de aprendizagem e desenvolvimento da linguagem. Os originais estão em inglês, mas a maioria possui uma versão em espanhol. O acesso é realizado a partir da indicação do idioma desejado, em uma aba situada na parte superior direita.

5. Blog do Grupo de Trabalho da Unidade de Neurobiologia Aplicada de Buenos Aires

Este é o blog do Grupo de Trabalho da Unidade de Neurobiologia Aplicada (UNA, CEMIC-CONICET) de Buenos Aires, Argentina, que trabalha na área de pobreza infantil e desenvolvimento cognitivo. Além de encontrar material sobre o trabalho do grupo, é possível interagir com os seus integrantes, acessar a informação e comentar as entradas sobre os diferentes temas associados à área de pesquisa.

É uma página orientada para a pesquisa, por isso, não é fácil encontrar aplicações práticas para a educação. O diretor, Sebastián Lipina, editou, junto com Mariano Signman, um dos livros mais relevantes no âmbito da neurociência educacional, intitulado La pizarra de Babel. Puentes entre neurociencia, psicología y educación. (Buenos Aires: Libros del Zorzal, 2011).

 

6. Mente y Cerebro

A revista Mente y Cerebroé uma das linhas editoriais da publicação Pesquisa e Ciência. Os textos divulgam, de forma rigorosa, o estado da questão de diferentes temas nos quais existe relação entre a neurociência, a psicologia, a aprendizagem ou a educação. Mesmo existindo um resumo de todos eles, é necessário comprar para ter acesso ao texto completo.

Existe informação disponível em espanhol em três entradas: os denominados SciLogs(Sciencee bLogs), nos quais especialistas de diversos campos do conhecimento compartilham ideias, pensamentos, comentários e opiniões sobre temas científicos – no nosso caso sobre psicologia e neurociência com aplicações em ocasiões ao ensino –; as notícias, nas quais os acontecimentos científicos relevantes para a atualidade são informados; e os boletins, que podemos solicitar o recebimento segundo as temáticas e a periodicidade desejadas.

 

7. Basque Center on Cognition, Brain and Language

O Basque Center on Cognition, Brain and Language é uma instituição situada em San Sebastián e orientada para a pesquisa e a divulgação dos resultados mais relevantes no campo da neurociência cognitiva e linguística. O site apresenta as tendências atuais nesses âmbitos e os resumos das principais pesquisas. Os textos estão principalmente em inglês, mas existem notícias e informações em espanhol.

 

 

8. Center for neuroscience in education

Center for Neuroscience in Education, University of Cambridgeoferece informação relevante sobre determinados projetos de pesquisa que tentam compreender as relações entre o cérebro e a educação. O objetivo principal das pesquisas é determinar os parâmetros básicos do desenvolvimento do cérebro nas habilidades cognitivas que são críticas para a educação.

 

9. Neurociencia para psicólogos

A seção do site Neurociencia para psicólogos que selecionamos conta com 10 artigos relacionados com a neuroeducação. Destacamos o texto de Francisco Mora, Cerebro, Internet e educação; e o de Raquel Ferrari, Finlândia: escrever ou não escrever… Essa é a questão.

10. Organização de Estados Ibero-americanos – OEI

Selecionamos uma seção do site da OEI com dez breves notas sobre temas relacionados com a neuroeducação – emoções, curiosidade, aprendizagem ou inclusão educacional, entre outras.